About me

About me for short

With the full name Jorge Manuel Rodrigues Bonito (Jorge Bonito), I was born in Lisbon, in São Sebastião da Pedreira (current New Avenues) town council.

I am currently an associate professor in the Department of Pedagogy and Education at the School of Social Sciences at the University of Évora (Portugal). I teach in the Degree in Basic Education, in the Degree in Educational Sciences and in the PhD in Education. I am a doctoral thesis tutorship at the University of Évora and the University of Aveiro.

I am a member of the Research Center in Education and Psychology at the University of Évora and the Research Center in Didactics, Technology and Training of Trainers at the University of Aveiro.

My current areas of interest and research are:

  • Science education
  • Health education
  • Evaluation of education intervention programs
  • Education law

If you want to know more about my academic path, read on.

 

About me longer

I did my primary education in Algés village (Oeiras county) and Santa Iria de Azóia village (Loures county). I completed the general secondary education at Bartolomeu Dias College in Santa Iria de Azóia village and the complementary course of secondary education and 12th grade at Vitorino Nemésio Secondary School (Lisbon city).

Having, an apparent vocation in medicine, I ended up taking a Degree in Teaching of Biology and Geology at the University of Évora, completing it in 1993 with the final average 16 values (10-20 scale). Several professors marked my academic path, such as Francisco Gonçalves (1926-1997), Pedro António Gancedo Terrinha, Jorge Teles Grilo (1926-2018) and Vítor Manuel de Sousa Trindade (1945-2020).

Still in 1993, I got a place as hired professor at the Secondary School of Montemor-o-Novo, where I taught the subjects of Health (9th grade) and Biology Laboratory Techniques 1 (10th grade). From my teaching practice and reflection on the program of this last discipline, my first article was published in the Genetics Brotéria journal (Brotéria Genética): “Biology Laboratory Techniques: A pedagogical dazzle” (“Técnicas Laboratoriais de Biologia: Um deslumbramento pedagógico).

From the moment I completed my degree, with professional qualification for the 520 teacher recruitment group (Biology and Geology), I applied for teaching competitions at various universities, having won the position of trainee assistant in the Department of Pedagogy and Education at the University of Évora in the area of Teaching and Science Education, starting functions in November 1993.

At the same time, I tried to deepen my studies, having chosen to attend the first Master’s Degree in Geosciences, in the ​​specialization area of Geological Processes, from Faculty of Sciences and Technology of the University of Coimbra. The experience of a different academic world of Évora and the lessons I learned in the City of Knowledge (Coimbra) also determined what would become my thinking about the Geosciences education. Several professors marked my academic path, such as, for example, António Ferreira Soares, Carlos António Regêncio Macedo, Luís Carlos Gama Pereira, Manuel Bernardo de Sousa (d. 1998), Manuel Maria Godinho and Martim R. Portugal Vasconcelos Ferreira (d. 2021).

In Coimbra, I came to obtain a master’s degree, in 1997 with, with maximum classification, with a dissertation in the field of Geosciences education, under the tutorship of full professor Manuel Bernardo de Sousa.

While in the first years of teaching at the University of Évora, I was assigned, curricular units that enabled me for pedagogical communication, educational assessment, pedagogical observation and methods and techniques of educational action, since 1995, I teach Didactics of Geology 1 and 2 curricular unit, having the opportunity to develop my practical ideas of Geosciences education, making recurring use of the Geosciences laboratory and practical work in the field (in places like Cabrela, Coimbra, Évora, Figueira da Foz, Pinhel, among others).

The contact I made, in 1995, with the Spanish Association for the Teaching of Earth Sciences (Asociación Española para la Enseñanza de las Ciências de la Tierra (AEPECT) is worth mentioning, through the frequency of the “Course on Geosciences Curricular Materials”, which was decisive un the development of my thinking on Geosciences education.

It was with the objective of deepening his knowledge and skills in educaiton, in particular in the field of learning, that I chose to pursue a PhD in Educational Sciences, in the area of ​​specialization in teacher training, at the Faculty of Psychology and Educational Sciences of the University of Coimbra. For the success, I obtaining a doctoral degree with a maximum score. The contribution of Nicolau de Almeida Vasconcelos Raposo, a full professor, who with his sure knowledge, attentive eye and his friendly word accompanied my journey in a unique way was absolutely decisive. The associate professor Carlos António Regêncio Macedo, who has been with me since was a master’s student, co-directed the thesis.

In 1987, I attended my first course in first aid, at the Lisbon Delegation of the Portuguese Red Cross, which would determine some of my academic interest. In 1988, I completed the Portuguese Red Cross First Aid Monitors Course, with 15 values (10 to 20 scale). Since that date, I have contributed to the training of first responders and ambulance crew members and private patient transport companies. In the area of first aid, I also contributed to the training of many educators and teachers in training centers, all over the country. I currently maintain an interest in the area of first aid, having been responsible for proposing the introducing of basic life support in the discipline of Natural Sciences (9th grade) of basic education.

Between 1997 and 2003, I was a volunteered at a Portuguese Red Cross Relief Unit, crewing emergency ambulances at major events.

In 2000, I successfully completed the Basic Life Support Instructor course of the Portuguese Resuscitation Council. In 2017, I obtained accreditation as a Basic Life Support trainer – Automatic External Defibrillation by the National Institute of Medical Emergency (INEM), with 17 values (10 to 20 scale).

Portugal’s participation in the Bologna Process transformed the vision that had been taken of higher education and, consequently, the curricula. The area where I had invested for about 10 years ago was now practically without students and without teaching.

I was then redirected by the President of the Department of Pedagogy and Education, in 2005, to teach the Pedagogy curricular unit in the Nursing degree, later transformed into Health Education curricular unit.

Apart from my experience as rescuer and teaching of first aid practices, I started a course of study and research in the ​​Health Education. It is a decisive moment the organizarion of the “2nd national Congress of Health Education” in 2008.

In continuity, I designed, with professor Vítor Manuel de Sousa Trindade, the Master’s Degree in Health Education, which, once approved and registered, was developed, from 2009, at the University of Évora and at the Roraimense College of Higher Education (Faculdade Roraimense de Ensino Superior) (Brazil), having been the first course director, until the momento I was exonerated from office, in October 2011, by the then President of the Department of Pedagogy and Education.

Alongside this work, I integrated research teams in the ​​Health Education area, particularly in  two projects under the responsibility of José Alberto Gomes Precioso (Educacional Institute of University of Minho) and one under the responsibility of Carlos Manuel de Sousa Albuquerque (Health Higher School of Polytechnic Institute of Viseu).

To further study health education, I attended, in 2013 the Postgraduate in Risks Prevention and Health Promotion at the  National University of Distance Education (Spain) – Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) -, obtaining the title of “University Specialist in Risks Prevention and Health Promotion”, with a classification of “outstanding”.

The affirmation of my academic path in the área of ​​Health Education is made with the provision of public evidence to obtaining the title of aggregate in educational sciences, at University of Aveiro, with the report on the Health Education curricular unit and the lesson on “Prevention of contemporary diseases with healthy eating”.

Geosciences education, however, was not been forgotten. In 2008, through an invitation, I joined the research project on “Geological Time in School in”, under the coordination of Luis Manuel Ferreira Marques, an associate professor with then Department of Didactics and Educational Technology at the University of Aveiro. This was another dturning point in the course of my journey. From then on, I started to work regularly with Luis Manuel Ferreira Marques and a small group of other teachers (from higher education and basic and secondary education), such António Soares de Andrade, Dorinda Rebelo, Jorge Girão Medina and Margarida Morgado, among others.

In 2012 I was admitted as a integrated member in the Research Center “Didactics and Technology in the Training of Trainers” (“Didática e Tecnologia na Formação de Formadores”) – CIDTFF – of the University of Aveiro. At the CIDTFF I have developed significant work, published, in the Geosciences education area, maintaining a regular and assiduous collaboration. In October 2017, the rector of the University of Évora did not authorize my continuation in CIDTFF, as an integrated member, and determined my integration in the Research Center in Education and Psychology (CIEP) of the University of Évora, which would happen in November 2019.

Since 2007, I has collaborated, on several occasions, with the Institute of Earth Sciences of the State University of Campinas, Brazil, teaching in the Postgraduate Program in Teaching and History of Earth Sciences, in particular with Celso Dal Ré Carneiro and Pedro  Gonçalves Wagner. I am a visiting professor at this University. I also collaborated with the Federal University of Roraima and the Federal University of Viçosa, both in Brazil.

As far as my university career is concerned, I occupied the following categories of university teaching in the Department of Pedagogy and Education of the University of Évora:

  • Nov.1993 – jan.1997 – Trainee assistant
  • Jan.1997 – jan.2006 – Assistant
  • Jan.2006 – Oct.2014 – Assistant professor
  • Oct.2014 – Aug.2020 – Assistant professor with aggregation
  • Aug.2020 to the present – Associated professor with aggregation

I have more than 230 published works, including 8 international books, 7 national books, more than 65 papers in journals of international circulation with referee, and articles in other types of support. For more information on their publications see here.

As for the authorship of books, I highlight:

  • First Aid Practices – A Guide to Saving Lives (Don Quixote Publications, 2000) [ISBN: 972-20-1732-2]
    • Práticas de Primeiros Socorros – Um Guia para Salvar Vidas (Publicações Dom Quixote, Lisboa, Portugal, 2000)
  • Practical Activities in the Geosciences Education – A study that seeks to Conceptualization (Institute of Educational Inovation, 2001) [ISBN: 972-783-010-2]
    • As Atividades Práticas no Ensino das Geociências – Um estudo que Procura a Concetualização (Instituto de Inovação Educacional, Lisboa, Portugal, 2001)
  • Current Panoramas about the Science Teaching (Federal University of Roraima, 2012) [ISBN: 856021572-0] See here.
    • Panoramas Atuais acerca do Ensino das Ciências (Universidade Federal de Roraima, Boa Vista, Brasil, 2012)

I am a member of the scientific council of the National Program for the Prevention and Control of Tobacco of the Directorate General of Health, Portugal.

As part of the Curriculum Restructuring of General Secondary Education Project in East-Timor, I was co-author of the Geology program for secondary education in that country. In this domain, I was also the co-author of three Geology books for that discipline (student books) and three teachers support guides. In 2011, I did a mission in East-Timor to training Geology teachers.

In 2013, I was the coordinator of the Restructuring of Curricular Goals of the Natural Sciences discipline of basic education.

In 2015, with the desire to continue studying, I decided to study Legal Sciences. In February 2019, I completed the Bachelor’s Degree in Solicitor Course  at Superior School of Management and Technology of the Polytechnic Institute of Beja, with 19 values (10 to 20 scale).

In 1988 I studied in the 2nd year of the Gregorian Institute of Lisbon, and between 1989 and 1992 I attended the Theological Culture Course at the Instituto Superior de Theology de Évora (Portugal).

And this is my academic path. Anyone who comes for good intentions, welcome to contact me.

*

*                            *

De nome completo Jorge Manuel Rodrigues Bonito (Jorge Bonito) nasci em Lisboa, Portugal, na freguesia de São Sebastião da Pedreira (atual freguesia das Avenidas Novas).

Atualmente, sou professor associado no Departamento de Pedagogia e Educação da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora. Leciono na Licenciatura em Educação Básica, na Licenciatura em Ciências da Educação e no Doutoramento em Educação. Oriento alunos de doutoramento da Universidade de Évora e da Universidade de Aveiro.

Sou membro do Centro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora e do Centro de Investigação em Didática, Tecnologia e Formação de Formadores da Universidade de Aveiro.

As minhas áreas de interesse e investigação atuais são:

  • Educação em ciência
  • Educação para a saúde
  • Avaliação de programas de intervenção em educação
  • Direito da educação

Fiz a minha formação de ensino primário em Algés (Oeiras) e em Santa Iria de Azóia (Loures). Completei o curso geral do ensino secundário no Colégio Bartolomeu Dias, em Santa Iria de Azóia e o curso complementar ao ensino secundário e o 12.º ano na Escola Secundária de Vitorino Nemésio (Lisboa).

Tendo como vocação, aparente, a medicina, acabei por cursar a Licenciatura em Ensino de Biologia e Geologia na Universidade de Évora, concluindo-a em 1993, com a média final de 16 valores. Vários professores me marcaram o percurso académico, como, por exemplo, como Francisco Gonçalves (1926-1997), Pedro António Gancedo Terrinha, Jorge Teles Grilo (1926-2018) e Vítor Manuel de Sousa Trindade (1945-2020).

Ainda em 1993, obtenho um lugar de professor contratado na Escola Secundária de Montemor-o-Novo, onde lecionei as disciplinas de Saúde (9.º ano) e Técnicas Laboratoriais de Biologia I (10.º ano). Da minha prática docente e reflexão sobre o programa desta última disciplina surge a publicação do meu primeiro artigo na revista Brotéria Genética: “Técnicas laboratoriais de biologia: um deslumbramento pedagógico“.

A partir do momento em que concluí a minha licenciatura, com habilitação profissional para o grupo de recrutamento 520 (Biologia e Geologia), apresentei-me a concursos para docente em várias universidades, tendo ganho o lugar de assistente estagiário no Departamento de Pedagogia e Educação da Universidade de Évora, na área do Ensino e da Educação em Ciência, iniciando funções em novembro de 1993.

Em simultâneo, procurei aprofundar os meus estudos, tendo optado por frequentar o primeiro Mestrado em Geociências, na área de especialização de Processos Geológicos, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. A vivência de um mundo académico distinto de Évora e as aprendizagens que realizei na Cidade do Conhecimento determinaram, também, o que viria a ser o meu pensamento sobre o ensino das Geociências. Vários professores me marcaram o percurso académico, como, por exemplo, António Ferreira Soares, Carlos António Regêncio Macedo, Luís Carlos Gama Pereira, Manuel Bernardo de Sousa (m. 1998), Manuel Maria Godinho e Martim R. Portugal Vasconcelos Ferreira (m. 2021).

Em Coimbra venho a obter o grau de mestre, em 1997, com nota máxima, com uma dissertação na área da educação em Geociências, sob a orientação do professor catedrático Manuel Bernardo de Sousa.

Enquanto nos primeiros anos de docência na Universidade de Évora me foram atribuídas, e bem, unidades curriculares que me capacitaram para a comunicação pedagógica, a avaliação educacional, a observação pedagógica e os métodos e técnicas de ação educativa, a partir de 1995, asseguro a unidade curricular de Didática da Geologia I e II, tendo oportunidade para desenvolver as minhas ideias práticas da educação em Geociências, fazendo uso, recorrente, do laboratório de Geociências e de trabalho no campo (em locais como Cabrela, Coimbra, Évora, Figueira da Foz, Pinhel, entre outros).

Merece destaque o contacto que fiz, em 1995, com a Asociación Española para la Enseñanza de las Ciências de la Tierra (AEPECT), através da frequência do “Curso sobre Materiales Didácticos en Geología”, determinante no desenvolvimento do meu pensamento sobre a didática das Geociências.

Foi com o objetivo de aprofundar os meus conhecimentos e capacidades em educação, em particular no domínio da aprendizagem, que optei por realizar um doutoramento em Ciências da Educação, na área de especialização em formação de professores, na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Para o sucesso que tive, na obtenção do grau de doutor com nota máxima, consta o contributo de Nicolau de Almeida Vasconcelos Raposo, professor catedrático, que com o seu saber seguro, olhar atento e a sua palavra amiga acompanhou o meu percurso de forma ímpar. Coorientou a tese o professor associado Carlos António Regêncio Macedo, que me acompanha desde os tempos de aluno do mestrado.

Em 1987, frequentei o meu primeiro curso de socorrismo, na Delegação de Lisboa da Cruz Vermelha Portuguesa, que viria a determinar algum do meu interesse académico. Em 1988, completei o Curso de Monitores de Socorrismo da Cruz Vermelha Portuguesa, com 15 valores. Desde essa data, contribuí para a formação de vários socorristas e tripulantes de ambulância de transporte dos corpos de bombeiros e de empresas privadas de transporte de doentes. Na área dos primeiros socorros contribuí, ainda, para a formação de muitos educadores e professores em centros de formação, um pouco por todo o país. Mantenho, atualmente, interesse na área dos primeiros socorros, tendo sido o responsável por propor a introdução do suporte básico de vida na disciplina de Ciências Naturais (9.º ano) da escolaridade básica.

Entre 1997 e 2003 fui voluntário numa Unidade de Socorro da Cruz Vermelha Portuguesa, tripulando ambulâncias de socorro em grandes eventos.

No ano 2000 conclui, com sucesso, o curso de Instrutor de Suporte Básico de Vida do Conselho Português de Ressuscitação. Em 2017 obtenho a credenciação como Formador de Suporte Básico de Vida – Desfibrilhação Automática Externa pelo Instituto Nacional de Emergência Médica, com 17 valores.

A participação de Portugal no Processo de Bolonha transformou a visão que se tinha do ensino superior e, por consequência, os curricula. A área onde eu tinha investido cerca de 10 anos via-se, agora, praticamente sem alunos e sem ensinos.

Fui, então, redirecionado pelo Presidente do Departamento de Pedagogia e Educação, em 2005, para a lecionação da unidade curricular de Pedagogia no curso de Licenciatura em Enfermagem, mais tarde transformada na unidade curricular de Educação para a Saúde I.

À parte da minha experiência de socorrista e de ensino de práticas de primeiros socorros, iniciei um percurso de estudo e investigação na área da educação para a saúde, assinalando-se um momento decisivo, em 2008, com a organização do II Congresso Nacional de Educação para a Saúde.

Na continuidade, projetei, com Vítor Manuel de Sousa Trindade, o Mestrado em Educação para a Saúde que, uma vez aprovado e registado, foi desenvolvido, a partir de 2009, na Universidade de Évora e na Faculdade Roraimense de Ensino Superior (Brasil), tendo sido o primeiro diretor de curso, até ao momento em que fui afastado do cargo, em outubro de 2011.

A par deste trabalho, integrei equipas de investigadores área da educação para a saúde,  particularmente, em dois projetos sob a responsabilidade de José Alberto Gomes Precioso (Instituto de Educação da Universidade do Minho) e um sob a responsabilidade de Carlos Manuel de Sousa Albuquerque (Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viseu).

Para aprofundar o estudo em educação para a saúde, frequentei, em 2013, o Postgrado en Prevención de Riesgos y Promoción de la Salud na Universidad Nacional de Educación a Distancia (Espanha), obtendo o título de “Especialista Universitário em Prevenção de Riscos e Promoção da Saúde”, com nota de “sobressaliente”.

A afirmação do meu percurso académico desenvolvido na área da educação para a saúde faz-se com a prestação de provas públicas para a obtenção do título de agregado em Ciências da Educação, na Universidade de Aveiro, com o relatório sobre a unidade curricular de Educação para a Saúde e a lição sobre a “Prevenção das doenças da contemporaneidade com a alimentação saudável”.

A educação em Geociências, todavia, não ficou esquecida. Em 2008, através de um convite, integrei o projeto de investigação “Tempo Geológico na Escola”, sob a coordenação de Luis Manuel Ferreira Marques, professor associado com agregação do então Departamento de Didática e Tecnologia Educativa da Universidade de Aveiro. Este foi outro marco decisivo no rumo do meu percurso. A partir daí, comecei a trabalhar regularmente com Luis Manuel Ferreira Marques e com um pequeno grupo de outros docentes (do ensino superior e dos ensinos básico e secundário), como, por exemplo, António Soares de Andrade, Dorinda Henriques Rebelo, Jorge Manuel Girão Medina e Margarida Morgado, entre outros.

Em 2012 fui admitido como membro integrado no Centro de Investigação “Didática e Tecnologia na Formação de Formadores” (CIDTFF) da Universidade de Aveiro. No CIDTFF tenho desenvolvido significativo trabalho, publicado, no domínio da didática das Geociências, mantendo uma colaboração regular e assídua. Em outubro de 2017, a Reitora da Universidade de Évora não autorizou a minha continuidade no CIDTFF, como membro integrado, e determinou a minha integração no Centro de Investigação em Educação e Psicologia (CIEP) da Universidade de Évora, que viria a acontecer em novembro de 2019.

Desde 2007, colaborei, por diversas vezes, com o Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas, do Brasil, no âmbito da lecionação no programa de Pós-Graduação em Ensino e História de Ciências da Terra, em particular com Celso Dal Ré Carneiro e Pedro Gonçalves Wagner, sendo professor visitante desta Universidade. Colaborei, também, com a Universidade Federal de Roraima e com a Universidade Federal de Viçosa, ambas no Brasil.

No que à minha carreira universitária respeito, ocupei as seguintes categorias de docente no Departamento de Pedagogia e Educação da Universidade de Évora.

  • nov.1993 – jan.1997 – Assistente estagiário
  • jan.1997 – jan.2006 – Assistente
  • jan.2006 – out.2014 – Professor auxiliar
  • out.2014 – ago.2020 – Professor auxiliar com agregação
  • ago.2020 até à atualidade- Professor associado com agregação

Tenho mais de 230 trabalhos publicados, onde constam 8 livros internacionais, 7 livros nacionais, mais de 60 artigos em revistas de circulação internacional com arbitragem científica, e artigos em outros tipos de suportes. Para mais informação sobre as suas publicações ver aqui.

Quanto à autoria de livros, destaco:

Sou membro do conselho científico do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo da Direção-Geral da Saúde.

No âmbito do Projeto de Reestruturação Curricular do Ensino Secundário Geral em Timor-Leste, fui coautor do programa da disciplina de Geologia do ensino secundário daquele país. Neste domínio, ainda, fui coautor de três livros de Geologia para a referida disciplina (manuais do aluno) e de três guias de apoio aos docentes. Em 2011 fiz uma missão em Timor-Leste no âmbito da formação de professores de Geologia.

Em 2013, fui o coordenador da reestruturação das metas curriculares da disciplina de Ciências Naturais do ensino básico (ver aqui), ao serviço do Ministério da Educação e Ciência.

Em 2015, com o desejo de continuar a estudar, decidi estudar Ciências Jurídicas. Concluí, em fevereiro de 2019, a Licenciatura em Solicitadoria, na Escola Superior de Gestão e Tecnologia do Instituto Politécnico de Beja, com 16 valores.

Em 1988 estudei no 2.º ano do Instituto Gregoriano de Lisboa e, entre 1989 e 1992, frequentei o Curso de Cultura Teológica no Instituto Superior de Teologia de Évora.

E este é o meu percurso académico. Todo aquele que vier por bem, seja bem-vindo ao contacto.